Romney reconhece a derrota


Em um discurso rápido em Boston, candidato republicano parabenizou Barack Obama pela vitória nas urnas e desejou sucesso ao rival no comando do país

Mitt Romney parabeniza Barack Obama e reconhece derrota nas eleições americanas
Mitt Romney parabeniza Barack Obama e reconhece derrota nas eleições americanas (Alex Wong / AFP)
Depois de meses de uma longa e desgastante campanha, desde as primárias até os debates com Barack Obama, o republicano Mitt Romney subiu ao palanque em Boston, Massachusetts, para reconhecer a derrota e parabenizar o democrata pela reeleição. "Este é um momento de grandes desafios para os Estados Unidos e eu rezo para que o presidente tenha sucesso ao guiar nossa nação", afirmou.

Leia também:
Obama vence nos estados cruciais e é reeleito presidente dos EUASenado segue com mais democratas; Câmara tem maioria republicana
Confira as últimas notícias da apuração nos Estados Unidos

Em uma fala rápida, mostrando que a afirmação de que havia preparado apenas o discurso da vitória era verdadeira, Romney tentou evitar o tom derrotista, mas mostrou decepção pelo inquestionável triunfo de Obama nas urnas. "A eleição acabou, mas nossos princípios continuam. Eu gostaria muito que tivesse sido capaz de corresponder suas esperanças de liderar este país em uma direção diferente. Mas a nação escolheu outro líder", discursou.
Citando a situação "crítica" dos Estados Unidos, o candidato derrotado pediu que democratas e republicanos busquem unidade e coloquem o povo acima das rixas políticas.

Diante de milhares de partidários, Romney agradeceu a todos os que ajudaram durante a disputa eleitoral: "Nós demos tudo nesta campanha". O republicano elogiou especialmente o seu candidato a vice, Paul Ryan, e sua mulher, Ann, considerada o grande apoio emocional do candidato durante os meses de campanha. "Ela teria sido uma primeira-dama maravilhosa", lamentou ele.


Comentários