A Oração Dedicatória do Brasil


Departamento de História da Igreja — Área Brasil
O Apóstolo Ezra Taft Benson, na época Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, quando se preparava para visitar Brasília para organizar a Estaca Brasília Brasil, pesquisou os acontecimentos históricos que envolviam a Igreja em nossa pátria e verificou que até então o continente sul americano e não o Brasil especificamente havia sido dedicado à pregação do evangelho pelo Élder Melvin J. Ballard, apóstolo que visitou a Argentina em 1925.

Assim, o Presidente Benson, após organizar a primeira estaca do planalto central brasileiro, em companhia de sua comitiva, deslocou-se da capela para o Parque Rogério Píton Farias, local escolhido por ele. E às 13 horas e 45 minutos do dia 12 de outubro de 1980, sob intensa chuva, após fervorosa oração proferida pelo irmão Dirceu Atanásio Pontes, primeiro conselheiro da Missão Brasil Rio de Janeiro; depois das palavras inspiradas do Élder Hélio da Rocha Camargo, representante regional; e com a presença de dezenas de membros e convidados, abençoou e dedicou a Brasil à pregação do evangelho, rogando ao Nosso Criador que desse muita segurança e prosperidade aos brasileiros e derramasse sobre o povo Suas bênçãos e Seu amor infinito.
Segue na íntegra a oração dedicatória do Brasil:
“Ó Deus, nosso Pai Celestial,
Onisciente e Eterno, aproximamo-nos de Teu santo trono em oração, por meio do nome de Teu amado Filho, nosso Salvador e Redentor. Pai, encontramo-nos aqui como um grupo de Teus filhos do convênio neste Teu dia santo para dedicar este país à pregação da palavra salvadora, o evangelho de Jesus Cristo. Nós Te agradecemos, Pai Santo, pelo privilégio que temos de nos reunir aqui sob as árvores, Teu primeiro templo para Teus filhos. Agradecemos-Te pelas maravilhas da natureza. Agradecemos-Te pelas belas coisas que providenciaste para nós como Teus filhos.
Agradecemos-Te pela chuva que está caindo, tão necessária nesta época, neste encantador país.
Pai Celeste, acabamos de realizar uma grande conferência da Tua Igreja aqui em Brasília. Acabamos de criar uma grande estaca, uma estaca adicional em Teu Reino. Tu tens dito que nossa luz deve brilhar, que Sião deve crescer em beleza e em santidade, suas fronteiras devem ser ampliadas, suas estacas devem ser fortalecidas. Agradecemos-Te pela Tua santa palavra, pelo encorajamento que nos tens dado por meio das revelações de Teu Filho e para Tua Igreja nesta dispensação. Pai Celeste, somos gratos pelo crescimento de Tua Igreja aqui nesta grande república através deste grande continente e por todo o mundo.
Pai, sabemos que nem todas as coisas são possíveis para nós humanos, mas compreendemos, Pai, que todas as coisas são possíveis para Ti e Teu amado Filho. E assim, Pai, vimos perante Ti com o coração cheio de gratidão neste Dia do Senhor e rogamos que ouças a nossa voz, pois nós a elevamos em gratidão e em ação de graças a Ti pelo Teu evangelho.
Agradecemos-Te pela restauração do evangelho de Jesus Cristo, por a Tua santa Igreja estar novamente sobre  a Terra, com todas as chaves e a autoridade e o poder que tens prometido. Agradecemos-Te pela missão do Profeta Joseph, pelas bênçãos da liderança da Igreja desde a sua época até a época atual. E agradecemos-Te pelo Presidente Spencer W. Kimball, que autorizou, como parte de uma nova norma, a dedicação de cada país separadamente para a Tua santa palavra e Tua santa obra.
E agora, Pai, abençoamos esta nação. Invocamos Tuas bênçãos escolhidas sobre esta grande república, Pai Celeste, novamente abrimos as portas mais amplamente do que nunca para a pregação da Tua palavra, que Teu evangelho se expanda, que os corações estejam abertos, que seus sentimentos sejam enternecidos perante Ti e Tua grande obra dos últimos dias,
e que muitos milhares entrem para Tua Igreja e recebam as bênçãos prometidas.
Ó Pai, agradecemos-Te pelos princípios salvadores de Teu evangelho e rogamos-Te que abençoes os missionários, os presidentes de missão e todos os que têm qualquer ligação com esta obra nesta parte da Tua vinha. Que ela se expanda, que os santos tenham regozijo na oportunidade que têm de dar referências novamente e muitos sejam trazidos ao conhecimento da Igreja.
Pai Celeste, viramos a chave, abrimos a porta. Pela autoridade do santo sacerdócio de Deus, dedicamos esta nação para Teus santos propósitos, para a pregação de Teu evangelho, para espalhar a verdade. Agradecemos-Te que tenhas dado a Tua Igreja, como guardiã da verdade, toda a autoridade necessária para a salvação, exaltação e bênção de Teus filhos.
Rogamos, Pai Santo, que Tua obra expanda-se aqui. Abençoa aqueles que têm autoridade no governo, Pai, que tenham seu coração abrandado, que venham a compreender mais completamente o propósito de Tua grande Igreja, que surjam novos amigos — mesmo pessoas que não esperamos —, Pai, para ajudar a promover Tua obra aqui neste lindo país.
Abençoa o povo. Abençoa os cidadãos, ajuda-os a ter interesse em seu governo e a ajudá-lo a ir para frente vigorosamente em princípios corretos, para que Tua obra prospere sob a influência que será gerada por meio da retidão. Pai, abençoa o povo. Abençoa o povo desta nação. Abençoa os líderes, dá-lhes fé e coragem e especialmente dá-lhes a visão para ver claramente o curso que deverão percorrer a fim de abençoar o povo, este grande país e abrir o caminho para uma expansão maior do evangelho por meio desta terra.
Pai Celeste, agradecemos-Te por pertencermos ao Teu Reino.
Agradecemos-Te pelo privilégio que temos de ajudar a promover e edificar Teu Reino nesta parte da Tua vinha e em outros lugares. Que abençoes o bom povo desta nova estaca.
Eleva-os, Pai Santo, abençoa-os economicamente, culturalmente e, em especial, espiritualmente. Dá-lhes Teu doce Espírito para que os assista em seu lar juntamente com sua família. E em qualquer lugar em que estejam, em seu trabalho, que Tua influência para o bem seja sentida nesta comunidade e em outros lugares. Que eles sejam o exemplo correto. Que sua luz brilhe tanto que as pessoas vejam suas boas obras e sejam levadas a Te glorificar e aceitar o evangelho.
Agora, Pai, não queremos multiplicar palavras perante Ti, mas agradecemos-Te por pertencermos a Tua Igreja e Teu Reino. Agradecemos- Te por esta grande nação.
Agradecemos-Te pelo progresso que tem sido feito e rogamos-Te que, neste dia, após a dedicação deste país pela autoridade de Teu santo sacerdócio,  a obra multiplique-se e avance, que ela progrida, mesmo além de nossas expectativas mais promissoras, que muitos de Teus filhos consigam chegar ao conhecimento da verdade.
E, Pai, assim como dedicamos esta nação a Ti para Teus santos e sagrados propósitos, rededicamos nossa vida a Ti e a Tua grande obra e rogamos que nossos labores sejam aceitáveis perante Ti, pois Te amamos, Pai Santo, e a Teu Amado Filho e oramos para que nossos trabalhos sejam aceitáveis perante Ti. Em nome de Jesus Cristo, Amém.”
À semelhança do povo de Sião, muitas pessoas têm sido ricamente abençoadas com o evangelho desde que ele chegou à América do Sul. “Sejamos pioneiros para nosso povo que ainda está por nascer, plantando a semente de nosso testemunho, para que aqueles que nos seguem comam o pão da fé em tempos de fome, em qualquer parte do mundo”, — J. Golden Kimball.
Para isso, vamos preservar para o futuro nossa história, nossos registros antigos, enviando-os para os arquivos do Escritório da História da Igreja, onde possuímos local e meios apropriados para a preservação desses registros.

Comentários