Escritório da Igreja na Europa é inaugurado e Apóstolo Mórmon é homenageado'

LISBOA — 
A 18 de março, o Elder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos, foi homenageado num jantar comemorativo da inauguração do escritório de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias junto da União Europeia, em Bruxelas. Entre os participantes encontravam-se líderes religiosos, representantes da comunidade internacional de ONGs e outros convidados de renome. O jantar teve como anfitrião o Elder José A. Teixeira, Presidente da Área da Europa da Igreja.
Antes do jantar, o Elder  Christofferson reuniu-se na Comissão Europeia com a Sra. Katharina von Schnurbein, Consultora do Presidente da Comissão Europeia, José Manuel  Barroso para as Igrejas, associações ou comunidades religiosas bem como organizações filosóficas e sem denominação religiosa. No decurso da reunião, o Elder Christofferson reconheceu e elogiou os esforços da União Europeia na procura pela contribuição e envolvimento das igrejas nas politicas da UE. Também reforçou a disposição da Igreja de Jesus Cristo participar ativamente nesta importante tarefa.

Com a sua sede Europeia em Frankfurt, na Alemanha, a Igreja está fortemente decidida a colaborar com as instituições da União Europeia em temas ligados à Fé, à Família e à Liberdade Religiosa, com vista a promover e a proporcionar as bênçãos do evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas na Europa e no mundo em geral. O Escritório da União Europeia da Igreja em Bruxelas procurará oportunidades de servir a comunidade Europeia por meio das suas entidades politicas e institucionais e estabelecendo parcerias com ONGs, organizações religiosas e a sociedades civil.
"Respeitamos as instituiçoes da UE e as suas diretrizes respeitantes à liberdade religiosa e estamos seriamente comprometidos com as relações da União Europeia. Queremos contribuir o melhor que pudermos. Como igreja compreendemos o que significa a perseguição e por isso apreciamos muitíssimo a liberdade religiosa"  - disse o Elder  D. Todd Christofferson, no seu discurso ao jantar. O Elder Teixeira acrescentou que "como instituição, a Igreja não endossa, promove ou se opõe a partidos políticos, candidatos ou plataformas, mas reserva-se o direito de abordar, de modo imparcial, tópicos que crê terem consequências significativas ao nível das comunidades e da moral ou que afetem diretamente os interesses da Igreja."
Francesco Di Lillo, recentemente designado como Diretor do Escritório, anseia pela oportunidade de colaborar com os dirigentes da UE e outros representantes da sociedade civil em temáticas de assuntos comuns. Di Lillo disse que "a Igreja e os seus 15 milhões de membros espalhados pelo mundo, procuram continuamente oportunidades de servir e colaborar com a comunidade.  Numa das nossasRegras de Fé lemos: ‘Se houver qualquer coisa virtuosa, amável, de boa fama ou louvável, nós a procuraremos.’ O meu escritório procurará oportunidades para promover este tipo de coisas e esforçar-nos-emos por fazê-lo em parceria com aqueles que partilham dos mesmos valores e preocupações."

Comentários