Condenados a prisão perpétua os estupradores das missionarias no Chile!

Condenado à prisão perpétua  aos acusados de estupros de missionárias mórmons em Temuco. O Tribunal de Temuco condena à prisão perpétua José Eduardo Aedo Reyes e Marco Segundo Barría Amolef pelo crime de roubo e de estupro contra quatro missionárias de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que ocorreram em 30 de abril 2015 na Villa San Andres de Temuco - CHILE.


A investigação determinou que os criminosos despertou as vítimas, que estavam dormindo dentro da casa, apontando com armas e e exigindo dinheiro, em seguida cometendo os abusos.

Após o julgamento, o promotor Magna Gomez disse que: "hoje nós respondemos a estas vítimas que procuram justiça!"

Já a Igreja se manisfestou com as seguintes notas:
''O que aconteceu nessa missão é um fato tão lamentável como raro. As estatísticas mostram que "o trabalho missionário é inerentemente seguro", disse o Élder David F. Evans à ''Imprensa Mórmon'' em 2013, onde ele também disse que "a Igreja faz todo o possível para garantir a segurança de seus missionários".

"Como Igreja, lamentamos profundamente esse fato e apreciamos igualmente a demonstração de apoio e orações para os nossos missionários", disse o Élder Nuñez...''




















Fonte: tiempo21araucania



Comentários