Bispo Quebra Sigilo, e Denuncia Abuso Sexual.



O que você faria se soubesse de um crime horrendo?

Isto nos leva a uma reflexão a respeito daquilo que fazemos e deixamos de fazer, pois a partir do instante que chegamos a essa conclusão, muitas das coisas que não estamos fazendo e a respeito das quais achávamos estar tomando a atitude correta, está nos levando a ser tão pecadores quanto as pessoas que cometem seus erros, pois conhecimento implica em responsabilidade. Quando omitimo-nos de fazer o bem, pecamos contra Deus e a sua justiça (Lc 10.25-37; Jo 15.22,24). Omissão, nada mais é do que nos silenciar diante de determinadas coisas, ficarmos mudos diante de fatos onde deveríamos nos posicionar, ou deixar de lado aquilo que não poderia ser deixado.



Foi o que Aconteceu no dia 25/04/2017. A Câmara Criminal Nacional da capital Buenos Aires, recusou-se a anular o processo penal por abuso sexual de uma menina que confessou o segredo em uma confissão ao um bispo Mórmon. Para os juízes, o bispo fez a melhor escolha ao encaminhar a menina para as autoridades locais; porque a criança estava em risco de novos abusos.

Segundo relatos, o religioso pertence à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e exerce no bairro de Vélez Sarsfield. Um dos fiéis que frequentava a Igreja Mórmon confessou que ele abusava sexualmente da filha de 13 anos. Após a confissão, o Bispo contou a mãe da menina. A menor confirmou o abuso, ambas fizeram a denúncia ao Departamento de Violência Doméstica.

Após a denúncia, um processo criminal foi aberto e foi feito um pedido de prisão do acusado, que fugiu para o Paraguai, mas foi detido pela policia do País e agora aguarda o processo de extradição nas próximas semanas. Enquanto isso, a defesa pediu a anulação da investigação porque, como explicou, as ações foram promovidas a partir da violação do segredo da confissão feita ao  Bispo.

Os juízes Mariano Mauro Scotto e DiVito, encarregados do caso, decidiu não levar a nulidade, "sem prejuízo das consequências de ordem religiosa" que poderiam cair sobre o Bispo. A decisão foi tomada porque, de acordo com os juízes, a revelação da menina serviu para evitar uma possível repetição de novas agressões sexuais. O tribunal pretende continuar com o processo judicial sem qualquer irregularidade "uma vez que a queixa inicial foi concretizada pela mãe da menina."

O Bispo da Ala local será convidado como testemunha, Já que ele também ouviu a confissão do próprio pai da vitima.

_____________________________



Colunista- Elias Rozendo

Nasceu no dia 14 de Fevereiro de 1990, na cidade de São João Del Rei- MG. Conheceu a Igreja em Manaus e foi batizado em 2005. Fez seminário e cursa o instituto. Serviu na Missão Brasil Santa Maria, onde recebeu a inspiração para escrever o seu primeiro livro ' A VERDADE SOBRE OS MÓRMONS''.É apaixonado por comunicação.





_____________________________

- Fonte:

Comentários

  1. Na Bíblia deus revelou ao rei Samuel que o próprio deus vê as pessoas com o coração e não diante dos olhos das pessoas, as pessoas em si vejam as intenções das pessoas pelos olhos e então vemos se o cara está ou não com mas intenções ou qualquer outra coisa que vá fazer com alguém, não podemos adivinhar o que a pessoa vai fazer ou não podemos saber o que ela pode fazer com alguém dentro e fora da igreja, mas deus está vendo, podemos sentir.

    ResponderExcluir

Postar um comentário