Coro do Tabernáculo Mórmon Cantam Com Coro de Homens Gays em São Francisco / USA

Timothy Seelig, o diretor do Coro dos Homens Gays de São Francisco, participou como visitante na regência da música “This Land is Your Land” juntamente do Coro do Tabernáculo Mórmon.
“Foi incrível,” disse ele, momentos depois do histórico evento no dia 25 de junho.

O coro de São Francisco

Reger o “Coro da América” é algo notável para um diretor musical. Mas as circunstâncias dessa tarde talvez sejam ainda mais impressionantes. Algumas semanas atrás, Seelig ouviu rumores de que seu grupo tinha sido convidado para participar de uma apresentação com o Coro do Tabernáculo Mórmon.
Ele achou que tinha sido um brincadeira ou trote.
Mas ele ficou sabendo que o convite era legítimo. “Eu aceitei em um nanosegundo,” disse ele. O diretor musical sabe que a música é frequentemente chamada de idioma universal, mas para ele, ela é também une as pessoas. A música pode unir pessoas que de outra maneira seria improvável.
No palco Shareline Amphitheater, para fazer um teste de som, estava o Coro do Tabernáculo Mórmon e membros do Coro dos Homens Gays de São Francisco.
Os membros do Coro de São Francisco estavam usando camisetas roxas com o símbolo da sua organização. Mas apesar disso, eles se misturaram bem com seus amigos do Coro do Tabernáculo Mórmon. Mack Wilberg e Ryan Murphy conduziram o ensaio de músicas que seriam apresentadas a noite, como parte da turnê de 2018.
Chris Pettallano cresceu como um membro da Igreja e músico. Ele disse que se lembra de ouvir músicas do Coro do Tabernáculo Mórmon. Ele expressou um sentimento comum do ensaio:
“Eu acredito que a música é universal, então essa oportunidade é uma bênção. Não me surpreende que a música tem a capacidade de colocar duas comunidades lado a lado.”

Sobre o convite

Na turnê do Coro e a Orquestra da Praça do Templo, eles buscam ensaiar com coros da comunidade local na qual eles irão se apresentar. Então em sua visita em São Francisco, eles convidaram o Coro de Homens Gays de São Francisco. O Coro de São Francisco tem 300 participantes e se apresenta há mais de 40 anos.
O Presidente do Coro do Tabernáculo Mórmon, Ron Jarrett disse:
“A música afeta as pessoas de diversas maneiras. Esta é uma grande oportunidade de unir duas culturas e construir pontes, fazer amizades, e ter uma experiência agradável por meio da música.”

Embaixadores

Desde o começo de sua organização, o Coro do Tabernáculo Mórmon tem sido um embaixador de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Isso foi evidente nessa visita.
Seelig, diretor do Coro de São Francisco disse que a experiência foi um “marco […] que não esperávamos presenciar antes dos próximos 10 ou 20 anos.”
Ele continua: “O Coro do Tabernáculo Mórmon é o maior coro do mundo, sem dúvida. E nós somos os vovôs dos coros LGBT. O que fazemos é construir pontes.”
Seeling reconheceu diferenças óbvias entre as duas organizações “mas quando podemos cantar junto isso não importa.”

Comentários